Inserção social

A inserção social do Programa está relacionada à formação de recursos humanos qualificados para atuarem como docentes/pesquisadores em instituições de ensino superior, membros de empresas de pesquisa clínica ou como instrutores altamente qualificados para a formação de especialistas, especialmente nas áreas de anestesiologia e terapia intensiva.

Isso pode ser verificado na análise do destino dos egressos, na comprovada e efetiva participação de discente ou egressos do Programa em instituições de diversas regiões do Brasil.

 

O programa tem ações específicas para aumento do recrutamento discente de áreas estratégias, especialmente das regiões Norte e Centro Oeste do Brasil. Desta forma, das 39 matrículas novas do triênio 2013-2015 temos: 01 Centro-oeste (DF), 02 Norte (AM e PA); 11 Nordeste (4 RN, 2 MA, 2 C, 1 BA, 1 PE e 1 SE); 04 Sul (3 PR e 1 RS) e 21 Sudeste (17 SP, 3 MG e 1 RJ).

BrazilFlagPicture.jpg

Intercâmbios 

Nacionais

science-in-hd-4CsZivZChSQ-unsplash.jpg

Internacionalização

cdc-GDokEYnOfnE-unsplash.jpg

Interfaces com a

Educação Básica