Áreas de concentração

ANESTESIA E ANALGESIA 

Área de concentração que visa análise crítica e incentivo a pesquisa científica das técnicas anestésicas e estudo dos anestésicos, dos fármacos coadjuvantes e das soluções de reposição volêmica, bem como da fisiologia, fisiopatologia, prevenção e tratamento da dor aguda e crônica. 

Os avanços técnicos, tecnológicos e farmacológicos relacionados a anestesia possibilitam que pacientes cada vez mais graves e/ou em extremos de idade sejam submetidos a cirurgias extensas e complexas com maior segurança e melhores resultados. A farmacocinética e farmacodinâmica dos anestésicos não são completamente conhecidos e apresentam diferenças com a idade e o risco

clínico e cirúrgico do paciente, justificando estudos específicos.

CIRURGIA TRANSLACIONAL

Área de concentração que reúne linhas de pesquisas relacionadas ao estudo da epidemiologia, diagnóstico, técnicas e desfechos relacionados ao cuidado ao paciente cirúrgico. Pesquisas clínicas e experimentais relacionadas às afecções cirúrgicas e ao trauma determinado por agentes externos, bem como a resposta orgânica ao trauma cirúrgico requerem recursos de propedêutica clínica e laboratorial que contribuem para a acurácia diagnóstica e terapêutica. Geração de conhecimento, com estudos que buscam a melhoria do acesso ao tratamento cirúrgico, avaliação dos efeitos dos tratamentos sobre a saúde e a qualidade de vida dos pacientes contribuem para

a inserção social dos projetos da área.

MEDICINA PERIOPERATÓRIA

Os avanços das pesquisas clínicas

e experimentais na área cirúrgica permitem a realização de intervenções cirúrgicas complexas em pacientes mais graves. Os estudos relacionados a avaliação do risco cirúrgico e as estratégias de proteção orgânica contribuem para o planejamento dos cuidados pré, intra e pós-operatórios. Os projetos de pesquisa e a análise crítica dos processos relacionados a recuperação anestésica e ao cuidado intensivo ao paciente cirúrgico de alto risco ou submetido a procedimentos de grande porte podem contribuir para a diminuição da morbimortalidade cirúrgica.